Journal: Um ano de produção intensa

photo-04-09-16-17-33-55

As pessoas acham que o trabalho de um autor (quando se dignificam a chamar o que o autor faz de trabalho) se baseia em longos cafés madrugada a dentro, com pilhas de folhas espalhadas pelo chão. Não vou dizer que isso não é verdade, mas é apenas uma parte da verdade. Ser autor também é ajudar na edição, participar na divulgação do livro, frenquentar feiras, falar com leitores, com outros autores, com revisores, com o editor, fazer mais divulgação do livro e entre uma coisa e outra arrumar um tempo para escrever e deixar as tais folhas pelo chão nas madrugadas regadas a café.

Os últimos meses foram mais dessa extensa segunda parte do que da primeira e talvez por isso eu tenha estado ausente. Participei da minha primeira bienal do livro, um evento incrível com todo o time da Draco que com certeza esconde alguma poção de vitalidade na manga. Conversei com muitos autores, alguns ilustradores e outras pessoas com projetos interessantes da qual eu devo falar em breve (veremos). Também precisei dedicar alguma atenção a edição do Gigante da Guerra, que já tem diagramação, capa, marcador e está com a revisão quase finalizada e claro, fui trabalhar na seleção dos contos da antologia Grimdark Brasil, trabalho que tenho feito com calma e atenção para não ser injusto com ninguém.

Não é todo ano que você tem previsão de três lançamentos. No fim das contas, 2016 foi um ano em que escrevi pouco, mas trabalhei muito, com expectativa de estar livre em novembro para participar de mais um NaNoWriMo, o que agora me parece um pouco improvável.

Aos poucos, na medida em que os contos da Grimdark Brasil forem selecionados, as coisas devem voltar ao normal por aqui. O ano que vem deve começar com um prequel com o jovem Krulgar, só depois nós saberemos o que acontece depois do Teatro da Ira, enquanto isso, fiquem atentos ao Gigante da Guerra, uma história que não faz parte das Chamas do Império, mas amplia o seu universo para outros tempos e outros reinos. Acho que vocês vão gostar.