Primeiro encontro
On April 24, 2013 | 0 Comments
ansiedade
ansiedade

Anda difí­cil conter a ansiedade. Vejo a história crescendo um pouco todos os dias sem que ninguém, além de mim, coloque os olhos sobre ela. Começam a surgir dúvidas, vontades, ideias sem conta. O fluxo parece conti­nuo e ininterrupto, com pequenas frases que vão surgindo em momentos inesperados do dia. Os diferentes caminhos da jornada vão se emaranhando nas possibilidades e eu preciso me contar a cada instante nos comentários e nas piadas.

Mas agora falta pouco. A luta atual é para manter a história em um tamanho administrável. Meu mapa dos capítulos tem se alterado e engolido páginas. Já tenho praticamente 3 capítulos prontos e estremeço ao pensar tudo o que ainda falta contar. A sensação é de quem arruma a casa para receber visitas. Tem muita coisa para fazer antes das pessoas chegarem e muito assunto para colocar em dia quando elas estiverem aqui.

Parece bobo. Eu sei que não existe ninguém tão ansioso quanto eu para que tudo tenha ini­cio, mas eu achei que tinha o dever de vir até aqui e explicar a quanto andam as coisas. Falta realmente pouco agora para que possamos nos conhecer. Isso tudo é porque eu sempre fico nervoso no primeiro encontro.

Leave a Reply

%d bloggers like this: